Skip to content


Ouya – Uma nova revolução nas consolas?

Já lá vão quase 7 anos desde que tive a minha introdução aos custos de desenvolvimento do mundo das consolas. Foi na altura que um colega de universidade se lançou na aventura de criar a Real Time Solutions, uma empresa de jogos e multimédia. Sendo que o objectivo era entrar no mercado internacional de consolas, estranhei porque é que o modelo de negócios incluía vários passos intermédios. Foi aí que aprendi qual era o custo dos kits de desenvolvimento e quanto dinheiro era preciso para certificar os jogos (para além dos custos de desenvolvimento e distribuição inerentes). Sem o kit de desenvolvimento não se consegue fazer o jogo, sem a certificação não se consegue correr o jogo na consola.

O controlo está do lado de quem cria a consola e essas empresas sabem fazer-se pagar por isso. E é isso que está a matar a indústria das consolas: os custos actuais implicam mais risco, menos experimentação, maiores dificuldades no desenvolvimento (uma vez que há menos incentivos para ter um kit de desenvolvimento o mais simples de usar possível). É assim que nos últimos anos temos visto os programadores interessados em jogos a fugir para plataformas móveis e sociais. Resultado: a maior parte das novidades já não aparecem nas consolas.

Há uns dias atrás deu-se o primeiro passo para o mundo das consolas ser virado de pernas para o ar. Uma empresa de Los Angeles lançou um projecto na plataforma Kickstarter para obter perto de um milhão de dólares para criar uma nova consola. A Ouya é uma consola que junta uma plataforma aberta baseada em Android, controladores de alta qualidade, kit de desenvolvimento integrado, acesso a uma biblioteca de jogos gratuitos (pelo menos em parte) por um preço de $99. Em pouco mais de um dia o projecto recebeu mais de 3 milhões de dólares e continua a acumular dinheiro até ao início de Agosto (actualmente está perto dos 5 milhões de dólares). O lançamento está previsto para Março de 2013, com uma versão inicial a ser distribuída a programadores a partir de Dezembro deste ano.

Numa altura em que as televisões ainda são um ponto focal na maior parte das salas, a Ouya tem o potencial e os meios para reanimar o mercado das consolas e criar um novo boom de desenvolvimento e inovação. E, quem quiser, pode fazer a sua encomenda hoje no Kickstarter.

Posted in Sociedade, Tecnologia.


Ubuntu-PT, Encontro de Lisboa, 15 de Março de 2012, 18h30

Para quem queira partilhar experiências com outros utilizadores ou apenas aprender/tirar dúvidas, vai repetir-se mais um encontro de utilizadores de Ubuntu-PT em Lisboa na próxima quinta-feira no bar Hennessy’s no Cais do Sodré.

Para os esquecidos, podem pôr este link nos vossos calendários: webcal://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt.ics ou seguir a versão html em http://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt

Quinta-feira, 15 de Março de 2012, 18h30 às 20h
Local: Bar Irlandês Hennessy’s, Cais do Sodré, Lisboa
http://g.co/maps/udw4s

Metro mais próximo: Cais do Sodré (Linha Verde – Estação Terminal)
Estacionamento mais perto: Na rua, embora seja raro encontrar lugar.

Há autocarros, eléctricos e comboios (estação do Cais do Sodré).

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.


Ubuntu-PT, Encontro de Lisboa, 23 de Fevereiro de 2012, 18h30

Para quem queira partilhar experiências com outros utilizadores ou apenas aprender/tirar dúvidas, vai repetir-se mais um encontro de utilizadores de Ubuntu-PT em Lisboa na próxima quinta-feira no bar Hennessy’s no Cais do Sodré. Como de costume, alguns devem ficar para jantar.

Para os esquecidos, podem pôr este link nos vossos calendários: webcal://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt.ics ou seguir a versão html em http://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt

Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2012, 18h30 às 20h
Local: Bar Irlandês Hennessy’s, Cais do Sodré, Lisboa
http://g.co/maps/udw4s

Metro mais próximo: Cais do Sodré (Linha Verde – Estação Terminal)
Estacionamento mais perto: Na rua, embora seja raro encontrar lugar.

Há autocarros, eléctricos e comboios (estação do Cais do Sodré).

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.


Lei da Cópia Privada tira 2 milhões de euros por ano das escolas

Em toda a história da Lei da Cópia Privada, a incapacidade matemática dos políticos têm-me impressionado negativamente. Choca-me que em anos de crise orçamental pública haja falta de contas mesmo que de merceeiro sobre o impacto desta lei no Orçamento de Estado. Felizmente muita da informação está disponível on-line, o que permite que um mero cidadão como eu colmate algumas dessas falhas.

Segundo o GEPE (órgão estatístico do Ministério da Educação), no ano lectivo de 2008/2009 as escolas Portuguesas tinham uma média de 2,12 alunos por computador do 1º ciclo ao ensino secundário. Também segundo o GEPE, nesse mesmo ano lectivo, houve 1 393 655 matrículas nos mesmos graus de ensino. O que nos dá que em 2008/2009, as escolas Portuguesas tinham à volta de 657 000 computadores.

O tempo de vida de um disco rígido é de 3 anos. A taxa para um disco rígido de 500GB (o mais barato disponível para desktops actualmente) é de 10€+IVA (12,30€ ao valor actual).

Assim, o custo médio para os 3 anos de vida será de: 657 000 * 12,30€ / 3 anos = 2 693 700€/ano.

Quantos professores serão pagos a menos? A quantas famílias será cortado o apoio social? Que serviços fecharão as escolas? Tudo para pagar uma lei idiota, injusta e mal-pensada.

Quem quiser fazer-se ouvir sobre esta lei, pode assinar a petição em http://www.peticaopublica.com/PeticaoListaSignatarios.aspx?pi=pl118nao e/ou contactar os deputados responsáveis: http://www.parlamento.pt/ActividadeParlamentar/Paginas/DetalheIniciativa.aspx?BID=36617 (nesta página está também o texto do projecto-lei – informe-se!)

PS: este valor aumenta com a evolução da tecnologia e aplica-se mais de metade já em 2012. Este valor também é a ponta do iceberg das despesas da Administração Pública em armazenamento.

Posted in Uncategorized.


10 coisas que a SPA não sabe sobre a lei da cópia privada

Acabei de ler uma comunicação da Sociedade Portuguesa de Autores sobre a lei da Cópia Privada: http://spautores.pt/comunicacao/noticias/10-coisas-que-deveria-saber-sobre-a-lei-da-copia-privada. E senti-me velho. Muito velho mesmo. Diria mesmo que no meu tempo, era considerado vergonhoso demonstrar este nível de ignorância.

Para quem não me conheça, entre 2001 e 2004, como membro da direcção da ANSOL, participei em vários processos legislativos no âmbito de direito de autor e patentes de software. Por exemplo, quem fizer alguma investigação ao processo político pode vir a descobrir que alguns parágrafos da Lei nº 50/2004 tiveram origem no meu computador. E até houve quem me pagasse viagens a Bruxelas e Washington, DC para falar e discutir estes assuntos. Em ambas as áreas trabalhei com e contra a SPA. Não tenho nada em particular contra a SPA para além de me acusarem cegamente, em conjunto com todos os outros portugueses, de infractor da lei e me tentarem ir ao bolso regularmente (com algum sucesso).

Feita a brevíssima introdução, aqui vai a explicação da ignorância demonstrada pela SPA, coisa a coisa (usando a terminologia e ordem da SPA).

Coisa 1

Gostei das aspas à volta de “conteúdo” e “comportamento-padrão”. Normalmente as aspas indicam que o significado utilizado não é o que está no dicionário, o que me deixa sempre curioso, especialmente porque tenho a ideia que é para deixar entender que é sobre conteúdos ilegais. Esta legislação é sobre utilização de cópias legais, legalmente adquiridas e realizadas ao abrigo da legislação de direitos de autor e conexos. Pior, acrescentam a referência a “conteúdos protegidos” (mais uma vez com as aspas) como se o número de conteúdos não-protegidos pela legislação de direitos de autor não fosse mínimo.

Nota importante: a SPA não representa todos os autores. Nos dias de hoje, nem sequer a maioria…

Coisa 2

Sim, Portugal não tinha, propositadamente (sim, em 2003 isso chegou a ser proposto). E há pelo menos 6 países na União Europeia que perceberam o quão idiotas e perversas são estas taxas e alguns dos 16 (como a Espanha) já anunciaram que iam acabar com as taxas.

Coisa 3

A SPA não sabe economia. Já suspeitávamos pelo seu relatório de contas, mas agora escreveram que acreditam realmente que se o vendedor paga um preço mais alto, o preço ao consumidor se mantém na mesma. Pior, escondem o detalhe de que, quando um cidadão compra numa loja online como a Amazon, é ele o importador e responsável pelo pagamento da taxa. Ou seja, perde tempo e dinheiro.

Coisa 4

As tarifas propostas são mais altas que as dos outros países quando ajustadas ao rendimento. Somos sempre Europeus a pagar, e Portugueses a receber.

Coisa 5

Nada a apontar.

Coisa 6

Aqui temos a expansão do mecanismo de “extorsão” (vêem, também sei usar as aspas). Estranho em particular os cartões de memória, cuja maior utilização actual é câmaras fotográficas e de vídeo. Ao menos ficamos a saber que a SPA tem noção de quem tem mercados maiores do que eles…

Coisa 7 e 8

Já outros explicaram a ligação entre Lei de Moore e a forma idiota como estão feitas as tabelas de preços: http://poingg.blogs.sapo.pt/31770.html E sim, uma actualização periódica só faria sentido se os preços fossem estáveis ou mudassem irregularmente. Não para preços que mudam constantemente e para baixo. A forma simples seria definir percentagens, mas se houver alterações frequentes à lei, torna-se mais simples ir cobrar a mais qualquer lado, não é?

Coisa 9

Não, é mentira. Como consumidor não ganho nada com a lei (a minha utilização legal mantem-se exactamente na mesma), mas cobram-me mais dinheiro. Se é para deitar dinheiro fora, prefiro escolher a forma.

Coisa 10

A cópia privada existe como tal como limite ao Direito de Autor. É uma regra que permite privacidade (eu faço o que quiser com os conteúdos que adquiro legalmente dentro da minha esfera privada, sem os distribuir) e aprendizagem. Entre estes e dar mais remuneração ao autor que já recebeu pela minha cópia da obra, prefiro mil vezes manter estes. Ninguém ainda justificou de forma lógica porque é que os “autores” (entre aspas, porque refiro-me apenas aos da SPA) não justificaram em que é que as minhas cópias privadas precisam de um pagamento que eles não exigem aos seus agentes e demais intermediários culturais e de que forma é que estas taxas fazem sentido, dado o custo que têm para a nossa economia e o consequente afastamento desta da sociedade de informação.

Deixem dúvidas que farei o melhor por responder.

Posted in Uncategorized.


Ubuntu-PT, Encontro de Lisboa, 15 de Dezembro de 2011, 18h30

Para quem queira partilhar experiências com outros utilizadores ou apenas aprender/tirar dúvidas, vai repetir-se mais um encontro de utilizadores de Ubuntu-PT em Lisboa na próxima quinta-feira nas instalações da Intraneia. Como de costume, alguns devem ficar para jantar.

Para os esquecidos, podem pôr este link nos vossos calendários: webcal://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt.ics ou seguir a versão html em http://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt

Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2011, 18h30 às 20h (3ª quinta-feira do mês)
Local: Sala de reuniões da Intraneia – Av. da Liberdade, 229, 2º andar (ao pé da R. Alexandre Herculano)
http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&msa=0&msid=110620717485280382518.00000112ff6b995b99718&ll=38.723078,-9.146858&spn=0.005976,0.010933&z=17

Metro mais próximo: Marquês do Pombal (Linha Azul e Amarela)
Estacionamento mais perto:

  1. Na rua, embora seja raro encontrar lugar.
  2. Parque de Estacionamento no Marquês do Pombal.
  3. Parque Alexandre Herculano na Av. da Liberdade.

Há autocarros:

  • Carris – R. Alexandre Herculano: 74, 704, 709
  • Carris – Marquês do Pombal: 22, 48, 713, 746
  • Vimeca

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.


Ubuntu-PT, Encontro de Lisboa, 17 de Novembro de 2011, 18h30

Para quem queira partilhar experiências com outros utilizadores ou apenas aprender/tirar dúvidas, vai repetir-se mais um encontro de utilizadores de Ubuntu-PT em Lisboa na próxima quinta-feira nas instalações da Intraneia. Como de costume, alguns devem ficar para jantar.

Para os esquecidos, podem pôr este link nos vossos calendários: webcal://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt.ics ou seguir a versão html em http://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011, 18h30 às 20h (3ª quinta-feira do mês)
Local: Sala de reuniões da Intraneia – Av. da Liberdade, 229, 2º andar (ao pé da R. Alexandre Herculano)
http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&msa=0&msid=110620717485280382518.00000112ff6b995b99718&ll=38.723078,-9.146858&spn=0.005976,0.010933&z=17

Metro mais próximo: Marquês do Pombal (Linha Azul e Amarela)
Estacionamento mais perto:

  1. Na rua, embora seja raro encontrar lugar.
  2. Parque de Estacionamento no Marquês do Pombal.
  3. Parque Alexandre Herculano na Av. da Liberdade.

Há autocarros:

  • Carris – R. Alexandre Herculano: 74, 704, 709
  • Carris – Marquês do Pombal: 22, 48, 713, 746
  • Vimeca

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.


Ubuntu-PT, Encontro de Lisboa, 20 de Outubro de 2011, 18h30

Para quem queira partilhar experiências com outros utilizadores ou apenas aprender/tirar dúvidas, vai repetir-se mais um encontro de utilizadores de Ubuntu-PT em Lisboa na próxima quinta-feira nas instalações da Intraneia. Como de costume, alguns devem ficar para jantar.

Para os esquecidos, podem pôr este link nos vossos calendários: webcal://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt.ics ou seguir a versão html em http://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt

Quinta-feira, 20 de Outubro de 2011, 18h30 às 20h (3ª quinta-feira do mês)
Local: Sala de reuniões da Intraneia – Av. da Liberdade, 229, 2º andar (ao pé da R. Alexandre Herculano)
http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&msa=0&msid=110620717485280382518.00000112ff6b995b99718&ll=38.723078,-9.146858&spn=0.005976,0.010933&z=17

Metro mais próximo: Marquês do Pombal (Linha Azul e Amarela)
Estacionamento mais perto:

  1. Na rua, embora seja raro encontrar lugar.
  2. Parque de Estacionamento no Marquês do Pombal.
  3. Parque Alexandre Herculano na Av. da Liberdade.

Há autocarros:

  • Carris – R. Alexandre Herculano: 74, 704, 709
  • Carris – Marquês do Pombal: 22, 48, 713, 746
  • Vimeca

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.


Ubuntu-PT, Encontro de Lisboa, 15 de Setembro de 2011, 18h30

Para quem queira partilhar experiências com outros utilizadores ou apenas aprender/tirar dúvidas, vai repetir-se mais um encontro de utilizadores de Ubuntu-PT em Lisboa na próxima quinta-feira nas instalações da Intraneia. Como de costume, alguns devem ficar para jantar.

Para os esquecidos, podem pôr este link nos vossos calendários: webcal://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt.ics ou seguir a versão html em http://www.icalx.com/public/jneves/ubuntu-pt

Quinta-feira, 15 de Setembro de 2011, 18h30 às 20h (3ª quinta-feira do mês)
Local: Sala de reuniões da Intraneia – Av. da Liberdade, 229, 2º andar (ao pé da R. Alexandre Herculano)
http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&msa=0&msid=110620717485280382518.00000112ff6b995b99718&ll=38.723078,-9.146858&spn=0.005976,0.010933&z=17

Metro mais próximo: Marquês do Pombal (Linha Azul e Amarela)
Estacionamento mais perto:

  1. Na rua, embora seja raro encontrar lugar.
  2. Parque de Estacionamento no Marquês do Pombal.
  3. Parque Alexandre Herculano na Av. da Liberdade.

Há autocarros:

  • Carris – R. Alexandre Herculano: 74, 704, 709
  • Carris – Marquês do Pombal: 22, 48, 713, 746
  • Vimeca

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.


Ubuntu Global Jam, Lisboa, 3 de Setembro de 2011,

Quem queira ajudar a construir um Ubuntu 11.10 melhor, testando, reportando bugs, ajudando na documentação, seja bem-vindo! Quem não souber e quiser participar, temos quem ensine ;) .

Sábado, 3 de Setembro de 2011, 18h30 às 20h (3ª quinta-feira do mês)
Local: Sala de reuniões da Intraneia – Av. da Liberdade, 229, 2º andar (ao pé da R. Alexandre Herculano)
http://maps.google.com/maps/ms?ie=UTF8&msa=0&msid=110620717485280382518.00000112ff6b995b99718&ll=38.723078,-9.146858&spn=0.005976,0.010933&z=17

Metro mais próximo: Marquês do Pombal (Linha Azul e Amarela)
Estacionamento mais perto:

  1. Na rua, embora seja raro encontrar lugar.
  2. Parque de Estacionamento no Marquês do Pombal.
  3. Parque Alexandre Herculano na Av. da Liberdade.

Há autocarros:

  • Carris – R. Alexandre Herculano: 74, 704, 709
  • Carris – Marquês do Pombal: 22, 48, 713, 746
  • Vimeca

Quem queira mostrar ou demonstrar qualquer coisa é bem-vindo. Quem quiser trazer o seu computador para corrigir algum problemazinho relacionado com Ubuntu também.

Marca na tua agenda!

Posted via tarpipe.

Posted in Sociedade, Software Livre, ubuntu.