Skip to content


ATrad – Proposta para o Summerbits 2008

ATrad – Sistema de Garantia de Qualidade de Traduções

Contexto

O grupo Mozilla-PT tem um sistema de garantia de qualidade que utiliza para a localização do navegador Firefox. Esse sistema consiste na execução de um conjunto de programas em Python sobre as traduções: as gettext-lint tools (que têm origem no projecto de localização para Português (Europeu) do KDE). Cada uma das ferramentas produz um conjunto de relatórios que indicam várias classes de erros:

  • Falta de pontuação, atalhos e outros símbolos e marcas usadas na tradução.
  • Inconsistências na tradução de frases iguais.
  • Correcção ortográfica.
  • Erro no seguimento de um glossário pré-definido.

Um exemplo dos relatórios em XML e HTML para o Firefox 2.0 pode ser visto em http://server.intraneia.com/~mozilla/ff/2.0/rel/.

No caso do Firefox, os relatórios são gerados automaticamente cada vez que é feito um commit no repositório de software.

Objectivo

Fazer um servidor web que sirva de interface para as gettext-lint tools chamado ATrad.

Caso de Uso 1 – Relatório de erros

Um tradutor chega a uma interface web e faz o upload de um ficheiro .po (formato gettext). Como resultado aparecem uma página com um conjunto de relatórios que identificam as classes de erros referidas acima.

Caso de Uso 2 – Tradutores Profissionais

Um tradutor chega à interface web, identifica-se e pode fazer upload de ficheiros, criar ou modificar um glossário e ver relatórios de erros de ficheiros cujo upload foi feito anteriormente.

Caso de Uso 3 – Erros escondidos

Para os tradutores profissionais é possível indicar erros que serão ignorados em vezes posteriores. É possível, a qualquer momento, a edição dessa lista de erros pelo tradutor respectivo.

Caso de Uso 4 – Integração com o Pootle (I)

Um projecto que use o servidor Pootle para tradução pela Web deverá poder identificar o servidor pootle e os relatórios de erros apontarem directamente para o URI onde os erros poderão ser corrigidos.

Caso de Uso 5 – Integração com o Pootle (II)

Um utilizador do Pootle deve ter um link no servidor Pootle com o qual envia o ficheiro para um servidor ATrad e vê os respectivos resultados. O servidor ATrad deve ser definido na configuração do Pootle.

Caso de Uso 6 – Integração com o Pootle (III)

O servidor ATrad deve reconhecer os mesmos utilizadores que um servidor Pootle. Nessa configuração, uma submissão de ficheiro .po do “Caso de Uso 4” deverá manter o acesso autenticado.

Expectativas

É esperada a implementação dos Casos de Uso indicados acima. É esperado que qualquer modificação feita às gettext-lint tools seja integrada nesse projecto e que seja feita uma tentativa para o mesmo acontecer com as modificações ao Pootle. O aluno irá interagir com a comunidade de Mozilla-PT, os programadores das gettext-lint tools, membros da LocoTeam de Ubuntu-PT e os programadores do Pootle. Toda a interface web deve cumprir as normas vigentes para a web e demais critérios de acessibilidade. O software será licenciado em GNU General Public License. É expectável que o aluno arrange um nome decente para o projecto em vez de ATrad.

O mentor

O mentor neste projecto será João Miguel Neves. É o líder do grupo Mozilla-PT, é um dos programadores das gettext-lint tools, presidente da direcção da ANSOL, entre outras coisas. Tem uma licenciatura e mestrado em Engenharia Informática pelo Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa e alguns anos de experiência em programação.

O aluno

(Procura-se um candidato para preencher este bocado. Quem aceita o desafio?)

Posted in Firefox, L10n, Português, Software Livre.

Tagged with , , .


No Responses (yet)

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.