Skip to content


Ouya – Uma nova revolução nas consolas?

Já lá vão quase 7 anos desde que tive a minha introdução aos custos de desenvolvimento do mundo das consolas. Foi na altura que um colega de universidade se lançou na aventura de criar a Real Time Solutions, uma empresa de jogos e multimédia. Sendo que o objectivo era entrar no mercado internacional de consolas, estranhei porque é que o modelo de negócios incluía vários passos intermédios. Foi aí que aprendi qual era o custo dos kits de desenvolvimento e quanto dinheiro era preciso para certificar os jogos (para além dos custos de desenvolvimento e distribuição inerentes). Sem o kit de desenvolvimento não se consegue fazer o jogo, sem a certificação não se consegue correr o jogo na consola.

O controlo está do lado de quem cria a consola e essas empresas sabem fazer-se pagar por isso. E é isso que está a matar a indústria das consolas: os custos actuais implicam mais risco, menos experimentação, maiores dificuldades no desenvolvimento (uma vez que há menos incentivos para ter um kit de desenvolvimento o mais simples de usar possível). É assim que nos últimos anos temos visto os programadores interessados em jogos a fugir para plataformas móveis e sociais. Resultado: a maior parte das novidades já não aparecem nas consolas.

Há uns dias atrás deu-se o primeiro passo para o mundo das consolas ser virado de pernas para o ar. Uma empresa de Los Angeles lançou um projecto na plataforma Kickstarter para obter perto de um milhão de dólares para criar uma nova consola. A Ouya é uma consola que junta uma plataforma aberta baseada em Android, controladores de alta qualidade, kit de desenvolvimento integrado, acesso a uma biblioteca de jogos gratuitos (pelo menos em parte) por um preço de $99. Em pouco mais de um dia o projecto recebeu mais de 3 milhões de dólares e continua a acumular dinheiro até ao início de Agosto (actualmente está perto dos 5 milhões de dólares). O lançamento está previsto para Março de 2013, com uma versão inicial a ser distribuída a programadores a partir de Dezembro deste ano.

Numa altura em que as televisões ainda são um ponto focal na maior parte das salas, a Ouya tem o potencial e os meios para reanimar o mercado das consolas e criar um novo boom de desenvolvimento e inovação. E, quem quiser, pode fazer a sua encomenda hoje no Kickstarter.

Posted in Sociedade, Tecnologia.


No Responses (yet)

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.



Some HTML is OK

or, reply to this post via trackback.